CRISMA

1. Jesus, ao contemplar tua vida me deixo interpelar pelo teu jeito de ser. Teu trato com as pessoas me fascina / teu jeito de amar me faz amar. Teu toque é como água cristalina / sacia minha sede e faz andar.
Ref. Jesus, teu jeito seja o meu jeito eu quero ser bem mais do que já sou. Jesus, teu jeito seja o meu jeito ensina-me a ser tão bom.
2. Jesus me faz sentir com teu sentimento pensar teu pensamento e agir com tua ação. Doar a minha vida pelo Reino / aceitar a dor e até a cruz / amar a cada um como um amigo / levar a todo povo tua luz.
3. Jesus, eu quero ser compassivo com os que sofrem/ levar tua justiça confirmando minha fé. Que eu tenha uma perfeita harmonia entre a doutrina e o viver / meus olhos sejam fonte de alegria / assim como os teus puderam ser.
4. Quisera conhecer-te assim como és / Tua imagem sobre mim é o que me transformará. Faz com que eu siga teu exemplo / de amor ao Pai e aos irmãos construa contigo o teu Reino / ajude em nossa redenção.


Palavra de Deus
Fala, que teu servo escuta. Falam-me Senhor, que teu servo escuta!

1No meu primeiro livro, ó Teófilo, já tratei de tudo o que Jesus fez e ensinou, desde o começo, 2até o dia em que foi levado para o céu, depois de ter dado instruções pelo Espírito Santo, aos apóstolos que tinha escolhido. 3Foi a eles que Jesus se mostrou vivo, depois de sua paixão, com numerosas provas. Durante quarenta dias apareceu-lhes falando do Reino de Deus.

4Durante uma refeição, deu-lhes esta ordem: “Não vos afasteis de Jerusalém, mas esperai a realização da promessa do Pai, da qual vós me ouvistes falar: 5‘João batizou com água; vós, porém, sereis batizados com o Espírito Santo, dentro de poucos dias’”.

6Então os que estavam reunidos perguntaram a Jesus: “Senhor, é agora que vais restaurar o Reino de Israel?”

7Jesus respondeu: “Não vos cabe saber os tempos e os momentos que o Pai determinou com sua própria autoridade. 8Mas recebereis o poder do Espírito Santo que descerá sobre vós, para serdes minhas testemunhas em Jerusalém, em toda a Judeia e na Samaria, e até os confins da terra”.